Como contratar um bom seguro de condomínio?

Contratar um bom seguro de condomínio é fundamental para a tranquilidade do síndico, dos empregados do condomínio e de todos os condôminos. Esse seguro é obrigatório por lei (vide código civil, artigo 1346) e, portanto, não deve ser negligenciado.

Para evitar que o seu condomínio cometa erros ao contratar um seguro, selecionamos, neste post, algumas dicas. Confira!

Conheça as modalidades de seguro de condomínio

As seguradoras são obrigadas a oferecer duas modalidades de seguro de condomínio:

Cobertura básica simples

Cobre riscos de incêndio, explosão de qualquer natureza e queda de raio dentro do terreno.

Cobertura básica ampla

Única modalidade que atende na totalidade o Còdigo Civil atual (Art. 1.346. É obrigatório o seguro de toda a edificação contra o risco de incêndio ou destruição, total ou parcial.) Cobre quaisquer eventos que possam causar danos ao condomínio, exceto os eventos que estiverem expressamente excluídos.

Fique por dentro das coberturas acessórias ou especiais

Para atender a outras necessidades específicas de cada condomínio, podem ser contratadas garantias adicionais, dentre mais de 50 tipos de garantias disponíveis no mercado. Dentre elas, podemos destacar:

Responsabilidade civil do condomínio

Cobre danos materiais causados a terceiros, inclusive condôminos, em decorrência de acidentes havidos nas áreas comuns do condomínio.

Responsabilidade civil do síndico

Cobre prejuízos a terceiros causados ao condomínio em decorrência de ato, fato, omissão ou negligência do síndico no exercício de suas atribuições.

Identifique o tipo de condomínio

Os seguros básicos atendem às situações de risco comuns a todos os tipos de condomínios. Já os seguros de garantias adicionais devem ser escolhidos conforme as especificidades de riscos de cada tipo de condomínio.

Existem vários tipos de condomínio, dentre os quais podemos citar:

  • Condomínios residenciais - formados exclusivamente por residências.
  • Condomínios comerciais - formados exclusivamente por estabelecimentos comerciais, que não incluem escritórios ou consultórios.
  • Condomínios mistos - formados por residências e estabelecimentos comerciais, que não incluem escritórios ou consultórios.
  • Condomínios de escritórios e consultórios - formados por escritórios e consultórios de profissionais liberais e prestadores de serviços.
  • Condomínios de flats e apart hotéis - formados por unidades autônomas destinadas a locação temporária.
  • Condomínios de shopping centers - formados por centros comerciais, devidamente registrados nesta categoria.

Contrate um bom corretor de seguros

Contar com o auxílio de um bom corretor de seguros é indispensável para adquirir a modalidade de seguro ideal para o seu condomínio.

O corretor de seguros te fornecerá todas as informações necessárias e os esclarecimentos sobre as modalidades, restrições e custos de seguro, indicará quais as melhores seguradoras de acordo com o perfil do seu condomínio e identificará os riscos que poderão ser cobertos em cada caso.

Nós, da Buffalo Corretora de Seguros, atuamos no mercado de seguros há mais de 20 anos e dispomos de equipe capacitada para prestar suporte técnico e assessoramento na contratação de seguros.

Na hora de fazer um seguro de condomínio, fique atento aos detalhes. Nenhuma modalidade de seguro cobre todas as possibilidades de riscos. Sendo assim, para escolher a opção que melhor atende às suas necessidades, é recomendável consultar diversas seguradoras e ler com a máxima atenção a proposta comercial e o contrato, para contar com as garantias necessárias.

Precisa de mais alguma informação sobre essa ou outras modalidades de seguro? Deixe um comentário!