Saiba como alugar imóvel sem avalista

Alugar um imóvel é uma decisão que envolve várias questões burocráticas, tornando-se um procedimento trabalhoso para quem está locando. Entre várias preocupações que surgem para o locatário, está encontrar um avalista — ou seja, a pessoa que empresta o nome como garantia caso o locador do imóvel não pague (também conhecido como fiador).

Essa ainda é forma de garantia mais comum em contratos de aluguel, e as exigências para ser avalista são muitas — como ter renda mensal 3 vezes maior que o valor do aluguel e um imóvel próprio e livre de ônus. Outras condições podem surgir e dificultar o processo tanto para o locador como para o locatário. Por isso, muitas vezes, é preciso contar com outros métodos de garantia.

No post de hoje, vamos mostrar algumas das formas de garantir o pagamento ou o recebimento do seu aluguel sem precisar contar com um avalista. Acompanhe!

Seguro-fiança

Essa é uma alternativa que vem se tornando cada vez mais comum para alugar imóveis. O segura-fiança é um contrato que o inquilino contrata com uma seguradora para que ela garanta o pagamento do aluguel caso ele não possa quitá-lo.

Segundo pesquisas divulgadas pelo Secovi em São Paulo e no Rio de Janeiro, essa modalidade de garantia já representa mais de 20% dos contratos de aluguel.

Em caso de não pagamento, o proprietário do imóvel recebe da seguradora os aluguéis atrasados, se limitando à quantidade descrita no contrato do seguro do inquilino — que pode variar de 12 até 30 aluguéis.

O valor desse seguro varia de acordo com a empresa escolhida, mas, geralmente, gira em torno de 1 aluguel. Esse seguro é previsto pela lei do inquilinato, sendo completamente legítimo. Os benefícios podem abranger, além do valor do aluguel, encargos como IPTU, condomínio e danos ao imóvel.

Título de Capitalização

Nessa forma de garantia, o futuro inquilino oferece ao proprietário um valor que fica guardado como garantia de um possível não pagamento do aluguel. É comum contratar o título com o valor de 3 a 6 aluguéis no ato da assinatura do contrato de locação, conforme a negociação entre as partes envolvidas.

Os valores são devolvidos de acordo com o combinado entre proprietário e locatário. Pode ser ao final do contrato ou após um período estipulado, como 24 meses de vigência de um contrato pago de forma correta e sem atrasos, por exemplo.

 

Existem várias possibilidades para alugar imóvel sem avalista. Um bom corretor de seguros e de imóveis pode te ajudar a decidir qual a melhor opção no seu caso. Você tem alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe seu comentário!